08 dicas de direção para reduzir custos na sua frota

dicas de direção

Um dos grandes desafios da gestão de frotas está em reduzir os custos do funcionamento. Especialmente em tempos pandêmicos, onde a produção é diretamente afetada, qualquer tática efetiva de economia é bem vinda. Entre as atitudes que devem ser tomadas em nome da economia, algumas delas se tratam de hábitos. São ações simples, intencionais e reiteradas que podem, no fim das contas, diminuir o impacto financeiro da logística. Então, seguir as dicas de direção econômica com certeza faz toda diferença no fechamento financeiro.

Assim, orientar os motoristas, que estão diretamente envolvido nas práticas de direção é o passo mais importante. A partir das dicas a seguir, cada um se responsabiliza pelo impacto positivo da economia. Pois, a estabilidade de cada um depende do bom funcionamento do todo.

Abaixo estão as principais dicas de direção que geram economia.

Acelerar Delicadamente

Com o desenvolvimento da tecnologia, os caminhões sabem exatamente o que fazer a partir do comando do motorista. É assim também quando a questão é aceleração. Com sistemas inteligentes, os caminhões estão programados para entender a força da aceleração como necessidade de mais injeção. Assim, acelerações bruscas e ostensivas requerem do motor mais combustível. Ao contrário disso, acelerando com suavidade, o sistema de injeção vai controlar melhor o investimento em combustível.

Utilizar os Freios Delicadamente

Apesar da robusteza do tipo de veículo que é o caminhão, a parte mecânica não funciona a partir da força. Trata-se, de um emaranhado de engrenagens que exige jeito e comandos corretos. Além de serem mais perigosas, as frenadas bruscas reduzem a pressão dos freios. Com o tempo, essa ação gera desgastes no sistema de frenagem, que gera também gastos financeiros. Portanto, o ideal é estar sempre atento ao caminho, antecipando ao máximo as necessidades de redução de velocidade com pisadas mais suaves no freio.

Não descer na “banguela”

Muitos motoristas têm o entendimento errado sobre as decidas. Para muitos deles, desengrenar o veículo e aproveitar a descida sem utilizar a força do caminhão gera economia. Entretanto, não é bem assim, Na verdade, é exatamente o contrário. Além disso, nos casos de imprevistos durante a descida, a retomada de direção do veículo é um processo mais demorado, o que pode causar riscos para a segurança do veículo e seus ocupantes.

Respeitar os Limites das Vias

Também é um mito que, quanto maior a velocidade do caminhão, maior a economia. Na verdade, para imprimir maior velocidade o caminhão também precisa dispensar mais força. Pois, a resistência do ar também aumenta a media que o caminhão se apressa.

Por essa razão, respeitar os limites de velocidade das vias é uma das dicas de direção que impactam positivamente na economia da gestão de frotas. Além de, é claro garantir a segurança dos ocupantes do veículo e demais participantes do tráfego.

Regular o Uso do Ar-Condicionado

Considerando que o ar-condicionado exija do motor um investimento de potência, esse é um vilão da tentativa de economia na direção. Assim, quanto mais potência se exigir do ar, mais se exige do motor. Entre as dicas de direção, para a utilização do ar-condicionado, a dica é aproveitar ao máximo a ventilação natural. Isso é possível, por exemplo, no tráfego dentro das cidades, quando a velocidade exigida é melhor. Também é possível economizar na utilização do sistema de ar-condicionado nas estações mais frias, quando a ventilação externa já faz esse trabalho.

Manter os Pneus Calibrados

Manter os pneus do caminhão calibrados é uma atitude muito inteligente nas dicas de direção. Especialmente quando se trata de caminhões, percorrer caminhos longos e com bastante peso impacta de forma significativa nas condições dos pneus. Como o pneu é o contato mais direto com o solo, quanto pior calibrado; maior o atrito. Logo, a força empreendida para a movimentação também é maior.

Observar a Manutenção

A manutenção do caminhão está diretamente ligada com a sua duração e produtividade. Por isso, observar essa parte do processo está na base das dicas de direção econômica. Ao praticar a manutenção preventiva, é possível identificar problemas que ainda não aconteceram e se antecipar a eles. Uma manutenção em dia é sinônimo de prevenção de problemas. Antes de pararem de vez, equipamentos podem ser trocados ou reparados. Com previsão e adiantamento, a produção não sofre imprevistos que resultem em grandes e inesperados prejuízos.

Planejar a Rota

Quando se trata de redução de custos, o planejamento da rota deve ser um hábito primordial. Isso porque, um dos maiores gargalos da logística é exatamente o investimento em combustível. Ao planejar a rota é possível adotar caminhos econômicos e inteligentes. De maneira que o caminhão não precise dar voltas ou fazer paradas desnecessárias. Com o caminho adiantado, o motorista pode prever paradas, abastecimentos em condições melhores. Além disso, otimização da rota também gera agilidade de entregas, que é o que satisfaz o cliente final no processo logístico.

Para saber mais sobre isso, entre em contato com a gente!

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Gostou? Então compartilhe!

Comments are closed.