Analista de frota: o que faz e quanto ganha

analista de frota

Considerando o momento atual vivido em todo o mundo, o sistema logístico carrega sobre um título ainda maior de essencialidade. Especialmente em um país onde a esmagadora maioria da escoação de produtos é feita através da malha rodoviária, a logística terrestre ganha ainda mais importância.

Por essa razão, quanto mais se possa especializar e aprimorar o trabalho, mais resultados e ganhos para todos os envolvidos no processo. Assim como função primordial prestar auxílio ao sistema de gestão de frotas, nasce o analista de frota. Ocupar essa posição no ramo logístico é de primordial importância, pois seu papel na análise de dados do setor é o que direciona a maioria das decisões.

Mas, o que é um analista de frota? O que se espera de um profissional dessa área? Quais devem ser suas atribuições? Quanto ele pode ganhar pelo desempenho de suas funções?

A fim de esclarecer todas as principais dúvidas sobre a questão. Selecionamos abaixo as principais informações sobre o que é e o que faz um analista de frota.

O Que é um Analista de Frota?

Um analista de frota reúne uma quantidade expressiva de aptidões que constroem o seu papel. Em primeira instância, esse é o profissional que atua na análise de dados que se relacionam com as operações dos veículos da frota. Por causa da exigência de um olhar macro sobre o trabalho, geralmente esse tipo de profissional precisa acumular conhecimentos técnicos, práticos e de gerenciamento. Por essa razão, geralmente eles são escolhidos entre os graduados em administração de empresas, logística, ou formações acadêmicas similares.

Para ser um bom analista de frota o profissional deve estar atento a todos os tipos de acontecimentos com a frota. A partir desses acontecimentos, uma análise deve ser cuidadosamente feita a fim de que se transformem em decisões acertadas.

Assim, o analista de frota é o profissional que direciona seus conhecimentos à analise dos acontecimentos logísticos. Desde a quantidade de carros na estrada, o comportamento dos motoristas, a movimentação ou ociosidade da frota, e tudo mais que determine os próximos passos da empresa. Ele é, então, um auxílio para a gestão e para os gestores.

O Que Faz um Analista de Frota?

Conforme se espera, a função de um analista de frota está bastante ligada ao trabalho de um gestor de frotas. Pois, sua principal função se liga a tarefas operacionais e estratégicas que se tornam a base para que a gestão siga determinados caminhos no mundo logístico.

Assim, suas principais funções se estabelecem a partir de tarefas essenciais para o processo logístico. É o analista de frota que realiza tarefas como o controle de manutenções, documentações e gastos. Embora não seja de sua competência tomar as decisões, essas análises norteiam muitos dos direcionamentos gerenciais.

É também parte da ação do analista de frota planejamento de compra, venda e troca de carros. Esse tipo de planejamento lhe compete pois é ele quem conhece as condições dos veículos, a partir da análise prévia. Com o papel da observação, vem também a produção de relatórios sobre o desempenho dos veículos. Da mesma forma, a elaboração de treinamentos de equipes passa pelo crivo do analista de frota.

Sua função também consiste em Otimizar os processos diminuindo erros operacionais. Todas essas questões passam pela produção de roteiros e trajetos das frotas, fiscalização de entregas e serviços, suporte técnico para motoristas e transportadoras, apresentação de resultados operacionais tanto para o gestor quanto para os clientes.

Embora também envolva atividades práticas, todas elas partem de uma base analítica de dados. E, o analista e frota possui a difícil tarefa de equilibrar a questão teórica com a prática da logística de sucesso.

Quanto Ganha um Analista de Frota?

O primeiro detalhe a se considerar quando se trata de quanto ganha um analista de frota, é que esse deve ser um profissional que possua uma graduação. Obviamente não se trata de uma obrigatoriedade, mas, em pelo menos 80% das contratações, trata-se de profissionais graduados. Nesse caso, no início de carreira, um analista de frota chega a ganhar algo em torno de R$2050,00, de acordo com a Catho.

Há outros portais especializados em vagas que consideram a faixa média salaria de R$2.600,00. Obviamente, esses valores sofrem influência de quesitos importantes como experiência e especialização. Assim, encontram-se no mercado, profissionais da área remunerados com salários de até R$3.400,00. Essas são informações médias de portais especializados em vagas de trabalhos. Mas, a experiência e especialização são fatores que possibilitam o crescimento de qualquer profissional.

Conforme se pode ver, é uma área que cabe bastante exploração. Especialmente em observação ao momento mundial e à tendência da logística no mundo pós pandemia, ser um analista de frota pode ser uma das profissões do futuro. A propósito é também uma excelente aposta para o presente.

Para saber mais sobre isso, entre em contato com a gente!

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Gostou? Então compartilhe!

Comments are closed.