Ibutton: o que é e como funciona

ibutton

Na era da tecnologia é cada vez mais comum a criação de dispositivos de guarda e proteção de dados ou até mesmo chaves de acessos cada vez mais sofisticados. São dispositivos como iButton que dão às pessoas um Up na portabilidade e até na segurança de seus dados.

Apesar de parecer, o iButton não é algo tão novo assim. A propósito, trata-se de um objeto em desenvolvimento desde a década de 90, cuja utilização vem ganhando cada fez mais peso.

O que é um iButton?

Como se pode esperar, o iButton é uma espécie de chip embutido em um botão de aço, que serve a diversas funções. Conforme a classificação original do seu nome em inglês, trata-se de um botão inteligente. Por causa do seu tamanho, esse tipo de dispositivo pode ser levado por qualquer pessoa a qualquer lugar.

Esse dispositivo carrega um endereço fixo e inalterável. Assim, não é possível duplicá-lo, tornando-se uma chave de segurança. Nesse pequeno chip estão reunidas habilidades bastante úteis. Ele pode ser um bom dispositivo de gravação e de leitura, por exemplo. Além disso, possui informação de relógio em tempo real e de outras questões como temperatura.

A forma de carregamento desse dispositivo pode ser aproveitada de várias maneiras. Como a estratégia é exatamente a portabilidade e discrição, há várias formas de portá-lo. Você pode, por exemplo, utilizar o iButton como chaveiro, anel, relógio ou qualquer outro item que prefira. Depois, para utilizar as informações contidas no dispositivo você precisará fazer o uso de um leitor.

Como utilizar o iButton na Gestão de Frotas?

Na gestão de frotas o iButton pode ser bastante útil. Especialmente quando o assunto é monitoramento ou, até mesmo, identificação do motorista, ele é um acessório bastante querido. Por se tratar de um eficiente controle de acesso, sua aplicação abre espaço para a utilização em diversos espaços.

Quando o assunto é identificação de motoristas, por exemplo, esse dispositivo exerce um papel importante. Por essa razão, ele é bastante utilizado no controle de frotas. Através das informações armazenadas pelo iButton, é possível ter acessos a informações importantes sobre o desempenho do veículo e do motorista que podem trazer muitas respostas.

Como funciona?

A sua utilização na gestão de frotas tem sido bastante difundida. Isso por se tratar de um dispositivo que, ao mesmo que apresenta discrição, apresenta também eficiência em seu papel. A fim de controlar a identificação de motoristas, por exemplo, basta que cada veículo da frota possua um desses dispositivos em cada veículo.

De maneira geral, para utilizá-lo no sistema de reconhecimento de motoristas são utilizadas duas partes do dispositivo. A primeira delas é aquela que fica com o próprio motorista, onde estão armazenadas todas as informações necessárias para a confirmação da sua identidade. Enquanto isso, um leitor é instalado no carro, de forma que o motorista possa utilizá-lo ao entrar no carro.

Uma vez dentro do veículo, o motorista só precisa aproximar o identificador, que pode ser um chaveiro, no leitor. Nesse momento o leitor recolherá as informações necessárias para o reconhecimento e as encaminhará ao sistema de gestão. E, então, pronto, o sistema de gestão receberá todas as informações do condutor, do veículo e de sua alocação. Com essas informações em mãos, a gestão de frotas pode pautar as suas decisões em acontecimentos reais e instantâneos.

Vantagens da utilização de iButton

Uma das primeiras vantagens da utilização de iButton na gestão de frotas é a garantia da otimização das informações. Afinal, elas são coletadas em tempo real e estão ali armazenadas em qualquer tempo. Assim que sejam necessárias podem ser acessadas e utilizadas na tomada de decisões.

Além disso, a utilização de iButton é uma ação bastante segura e, por isso, convém ser utilizada sem reservas na gestão de frotas. O fato de o dispositivo possuir uma chave específica, individual e imutável dá aos integrantes da relação a certeza de que o sistema é seguro.

Esse tipo de dispositivo também costuma ser superior a outras tecnologias em alguns quesitos. Pois, a partir dele é possível utilizar outras tecnologias complementares como códigos de barras, tarjas magnéticas e tags RFID, dentre outras.

Além disso, o iButton se adianta em relação aos demais a medida que pode ser lido e gravado, o que não acontece com as demais tecnologias utilizadas isoladamente. Então, não se trata apenas de um dispositivo de memória, mas de um elemento de comunicação que pode otimizar muitos processos.

Por fim, o iButton também se destaca por causa do seu material de fabricação. Pois, o dispositivo é revestido de aço inoxidável, o que parece muito mais resistente do que os cartões utilizados comumente. Assim, especialmente em atividades mais pesadas, eles podem resistir mais às condições das estradas. Com a durabilidade garantida, o investimento é muito mais agradável.

Você deseja saber mais sobre o assunto? Para isso basta entrar em contato com a gente!

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Gostou? Então compartilhe!

Comments are closed.