Manutenção corretiva – o que é e como fazer?

manutenção corretiva

A manutenção corretiva é o método de reparação de falhas pelo qual se restaura o objeto às condições de uso. A intenção de sua adoção é fazer com que as falhas em máquinas, equipamentos e veículos sejam corrigidas por ocasião de seu surgimento. O que significa dizer que, ao invés de antecipar a possibilidade de falhas, elas são esperadas para, só então, serem solucionadas.

Considerando as possibilidades tecnológicas atuais, ter o sistema de manutenção corretiva como o principal meio de manutenção, denota falhas na gestão de frotas. Embora seja o primeiro tipo de manutenção surgida no meio mecânico, além de ainda ser comumente utilizada, não é a mais segura e, tampouco, a mais econômica.

Esse tipo de manutenção é dividida em algumas categorias, porém, as duas mais comuns são as elencadas abaixo:

Emergencial

Esta é a categoria mais comum. Nela, as soluções e consertos são sempre emergenciais. Ou seja, quando o equipamento para, a manutenção é aplicada. Isso quer dizer que, ou o objeto da necessidade falhou antes do esperado, ou não teve um acompanhamento efetivo de seu desempenho. Assim, procura-se a solução quando o equipamento não pode mais produzir.

Planejada

Na manutenção corretiva planejada, a intervenção acontece quando se percebe alterações no desempenho do equipamento. Neste caso, o reparo não é, necessariamente, emergencial, podendo ser agendado. Um dos grandes problemas dessa modalidade é que é o fator surpresa. Quando se agenda a solução apenas após sinais de falhas, há sempre a expectativa de quebra efetiva a qualquer momento.

Quando Utilizar a Manutenção Corretiva

Embora deva ser evitada, a manutenção corretiva pode ser vantajosa em algumas situações específicas. Para que valha a pena, o operador deve identificar a ocasião pertinente e os equipamentos corretos.

O ideal é que ela seja utilizada apenas nas situações em que o equipamento em questão não cause tanto impacto quando vier a falhar. Esses impactos devem ser considerados no âmbito da segurança e da sustentabilidade.

A manutenção corretiva também pode ser considerada quando a falha no equipamento em questão não tem potencial para causar perdas no processo produtivo ou na qualidade da produção. Além disso,é necessário que haja um equipamento de substituição para aquele avariado.

Por fim, ela também aceitável quando o custo do conserto está abaixo de 10 por cento do valor gasto mensalmente com aquele equipamento.

Vantagens e Desvantagens da Manutenção Corretiva

Normalmente, a manutenção corretiva é a manis dispendiosa das manutenções, por alguns motivos. Entre eles está a parada da produção. Quem planeja uma pausa em determinado equipamento, certamente traçará um plano de substituição ou de otimização do tempo da manutenção. Em contrapartida, quando a parada acontece sem aviso, acaba por desperdiçar, tempo, e recursos materiais e humanos.

Outra desvantagem é o risco de extensão do defeito para outras partes do equipamento ou do veículo. Isso acontece, por exemplo, quando uma peça simples estraga. Talvez o impacto prático não seja evidente no momento, entretanto, a utilização do item com defeito pode comprometer outras peças que funcionem em em sistema de dependência. O que faz com que, um problema que poderia ser resolvido facilmente se transforme em um grande transtorno.

Entre as poucas vantagens dessa modalidade está a redução de gasto periódico em equipamentos em perfeito estado de conservação. Entretanto, o benefício só é válido quando se trata de equipamentos com nível insignificante de risco ou cujo valor de custo seja irrisório.

De outra forma, a forma mais responsável de gerenciar uma frota ou de utilizar um equipamento com responsabilidade, é valendo-se de manutenções preditivas ou preventivas, a depender do caso. É evidente que, manutenções corretivas são necessárias em todos os gerenciamentos, mas não deve ser a única ferramenta. Assim, potencializa-se a produção e diminui-se custos e riscos de segurança.

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Gostou? Então compartilhe!

2 Responses