Qual a importância do cálculo de rota?

cálculo de rota

Quem está inserido no cotidiano logístico procura sempre por soluções que otimizem o trabalho. Não se trata apenas da diminuição de custos, embora esse seja um grande objetivo. Mas, também é sobre a otimização dos processos e a satisfação de quem está na outra ponta da relação. Por essa razão, o cálculo de rota é uma ferramenta essencial na tarefa de controle da frota.

Quando se tem preocupação com a eficiência da rota estipulada para cada veículo, os resultados finais recebem muitos acréscimos. E, é sobre isso que iremos conversar. Entender a importância do cálculo de rota é um princípio básico para uma boa gestão.

Para saber tudo sobre o assunto, continue com a gente!

Qual a Importância do Cálculo de Rota?

A importância do cálculo de rota se reflete nos benefícios que essa atitude traz. São questões importantes que contribuem para o resultado final do serviço. Ao final de tudo, o trabalho logístico e gerencial se tornam muito mais efetivos.

Economia de recursos

O primeiro impacto do cálculo de rota é a diminuição dos gastos com esse processo. Quando se calcula a rota que cada veículo irá traçar, há um controle maior sobre os acontecimentos e os gastos. Com o hábito de fazer previsões para o caminho a ser traçado é possível prever os abastecimentos durante o trajeto e a melhor utilização dele. Assim, rotas mais curtas e com pontos de apoio melhores para o abastecimento, há uma clara economia de combustível.

Além disso, nesse processo de planejamento deve se considerar os pontos de apoio para os motoristas. Com o conhecimento prévio de condições e preços, dá para indicar os locais de repouso, alimentação e higiene e tudo o mais que possa impactar no custo final do trecho.

Promoção de Segurança

Com o cálculo de rota também é possível promover segurança para a carga e os ocupantes do veículo. Afinal, durante o traçado do caminho o ideal é evitar rotas consideradas mais perigosas e isoladas. Mesmo que a opção seja uma rota um pouco mais longa, talvez compense o contorno do risco de assaltos e outros perigos da estrada.

Da mesma forma, os pontos de apoio disponíveis no trajeto são pontos de aumento do item segurança. Garantir que haja um local adequado para o suprimento das necessidades dos motoristas e guarda da própria carga são um fator de potencialização da segurança de ambos.

Etapas do Cálculo de Rota

Para garantir que o cálculo de rota tenha o resultado desejado, o ideal é que ele seja feito em dois momentos distintos. Cada um deles possui um papel importante no resultado final e merece igual atenção.

Antes da saída do caminhão

O primeiro momento considerado para o cálculo de rota deve ser o momento em que ele ainda se encontra na garagem. Inclusive, esse é um momento crucial do planejamento já que, qualquer erro, pode significar perdas de tempo na estrada e a ocorrência de outros prejuízos em decorrência do atraso.

Assim, o ideal é que o motorista saia da garagem sabendo, e munido, da quantia necessária para suprir as demandas do trecho. Essas demandas dizem respeito pedágios, alimentação, abastecimentos e outros acontecimentos previstos para aquela viagem.

Além de tudo isso, o cálculo de rota antes da saída permite que o gestor elabore o orçamento da empresa. Afinal, ele precisa sabe se os gastos do traslado são compensados pelo resultado do trabalho. Caso o resultado não seja o esperado, é hora de reavaliar as condições.

Como se pode observar, o cálculo de rota vai muito além das previsões para os acontecimentos nas estradas. Ele também é uma poderosa ferramenta de gestão e de otimização de ganhos.

Na volta do caminhão

Além do cálculo prévio, uma análise também deve ser feita quando do retorno do caminhão para a base. Esse cálculo de rota pós viagem é a ferramenta mais exigida para a prestação de contas. Nesse momento é possível saber se as previsões foram acertadas e o que precisa ser reanalisado.

Essa análise posterior permite ao gestor confirmar a efetividade do cálculo anterior à viagem. Caso os gastos da viagem tenham ficado dentro do previsto, é sinal que o trabalho prévio foi feito com excelência. Entretanto, quando as demandas da estrada estão muito superiores ao orçamento inicial, é hora de reformular os cálculos.

Na ocorrência de grandes variações, uma investigação sobre os acontecimentos é indispensável. Na maioria das vezes, a variação se dá por causa de variações na execução da rota. Em alguns momentos o motorista pode rodar mais para contornar problemas na estrada, por exemplo. Da mesma forma, é possível que ocorra problemas com o veículo durante o trajeto. Afinal, questões como panes ou acidentes são impossíveis de serem previstas.

Mas, independente de qual seja a situação, o cálculo de rota é essencial. Pois, é ele mesmo quem vai abrir espaço para o cálculo de incidentes e criar novas previsões para o mercado logístico.

Quer saber mais sobre o assunto? Fale com a gente!

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Gostou? Então compartilhe!

Comments are closed.