Tipos de armazenagem: quais são e como escolher

tipos de armazenagem

O processo logístico conta com processos importantes para o seu perfeito desenvolvimento. E, é importante fazer com que cada etapa funcione corretamente, para que o resultado final seja satisfatório. Assim, cuidar devidamente do processo de guarda daquilo que será carga é essencial. Para que tudo aconteça como o desejado, entender um pouco sobre os tipos de armazenagem é crucial.

Cada um dos tipos de armazenagem procura suprir uma demanda diferente. Essas demandas podem dizer respeito às especificidades de cada produto ou a necessidades logísticas. Seja qual for a questão, compreender a melhor maneira de solucionar faz toda a diferença.

Para conhecer cada um dos tipos de armazenagem, continue com a gente neste post!

Armazenagem Própria

Uma das soluções para a armazenagem no processo logístico é a armazenagem própria. Isso acontece quando a própria empresa armazena seus produtos. Entre os tipos de armazenagem, esse possibilita que mudanças sejam adotadas mais facilmente. Quando um ambiente não atende as necessidades, por exemplo, a própria empresa tem autonomia para se estabelecer em outro local.

Mas, possuir um sistema próprio de armazenagem demanda alguns cuidados. Quando esse é o caso, a empresa precisa dispor de mais funcionários, por exemplo. Além disso, além do produto em si, o galpão e seu funcionamento também se torna responsabilidade da empresa.

Armazenagem Terceirizada

A terceirização é a grande onda do momento. Com esse tipo de estratégia, cada um se especializa naquilo que lhe seja melhor, enquanto delega as demais fases do processo. Na logística também é assim. Inclusive, o um dos tipos de armazenagem possíveis é exatamente a partir da terceirização do serviço.

Na armazenagem terceirizada a empresa de origem se isenta da responsabilidade de guarda. Ao invés disso, ela contrata uma terceira instituição que faça  bem o serviço. Assim, a própria terceirizada é que se encarrega não apenas de armazenar, mas também de gerenciar essa etapa.

Uma das grandes vantagens da armazenagem terceirizada é que ela evita gastos com danos e desperdícios. Além disso, quando se contrata alguém para esse processo é possível escolher conforme a localização ou qualquer outro item de interesse do contratante.

Armazenagem Contratada

Entre os tipos de armazenagem possíveis, a armazenagem contratada é uma espécie de meio termo entre a própria e a terceirizada. Nessa opção a empresa contrata apenas o espaço do armazém, ao passo que precisa demandar seus próprios funcionários para o desenvolvimento das tarefas.

Por causa da formação de equipe e preparação, às vezes essa opção se mostra um pouco mais cara. Mas, a depender do tipo de equipe e do trabalho desenvolvido, talvez valha a pena.

Como Escolher os Melhores Tipos de Armazenagem

Ao considerar que cada empresa possui um tipo de necessidade, a resposta também pode variar. De repente, aquilo que é bom para a sua empresa é um prejuízo para as demais. Então, o ideal é conhecer as próprias demandas antes de optar por dos tipos de armazenagem.

Mas, independente das diferenças naturais entre uma e outra empresa, alguns cuidados a serem tomados são globais. Por isso, na hora de decidir que tipo de armazenagem utilizar no seu negócio, considere os seguintes aspectos:

Observe a estrutura

Um bom espaço para armazenagem deve possuir também um layout específico. Isso significa que, o local físico onde serão armazenados os produtos precisa oferecer uma estrutura funcional para o seu tipo de produto. O que significa dizer que esse local deve facilitar a entrada e saída de produtos. Por essa razão, primeiro, o interessado deve analisar o tipo de produto que precisa armazenar, assim como tamanho, volume e cuidados exigidos.

Além da própria infraestrutura, o espaço disponível também é muito importante. Afinal, de nada vale um bom layout que não comporte a sua demanda, não é mesmo? Então, o melhor é avaliar antecipadamente se o espaço permite a alocação de toda a demanda.

Escolha uma boa localização

Entre os tipos de armazenagem, a melhor opção é aquela que esteja bem localizada. Afinal, por se tratar de logística, a ideia é que haja movimentação frequente. Assim, quanto melhor localizado o armazém estiver, mais funcional ele será.

Calcule os custos

Por fim, não se deve esquecer que o propósito final de todo empreendimento é o lucro. Então, para que ele se potencialize, a escolha do tipo de armazenagem também deve considerar os custos envolvidos nessa etapa do processo.

Nesse caso, a análise correta deve considerar a relação custo x benefícios. Por exemplo, mesmo que a armazenagem própria seja uma estrutura mais cara, às vezes ela é a melhor opção para empresas de portes maiores. Em contrapartida, talvez essa não seja uma boa ideia para empreendimentos menores.

Por isso, a escolha correta é aquela que vê todos os ângulos e analisa todas as possibilidades. Ao final, o tipo de armazenagem correto é aquele que te faz produzir melhor.

Quer saber mais sobre o assunto? Fale com a gente!

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Gostou? Então compartilhe!

Comments are closed.