Bikesharing: o futuro do transporte?

Bikesharing

Em um mundo moderno de oportunidades, há lugar para quase todos nos grandes centros urbanos. Entretanto, em virtude da crescente procura por essas oportunidades, os grandes centros são também, atualmente, centros de caos no tráfego. Aliado ao crescente número de veículos nas ruas, tem-se o sucateamento do transporte público, sistema do qual muitos são dependentes. E é assim, neste cenário, que a Bikesharing ganha espaço. Ao apresentar uma alternativa de mobilidade, esse tipo de transporte também contribui para a melhoria da qualidade do ambiente.

Seguindo o bom  exemplo de tendência no mundo, cada vez mais cidades brasileiras têm aderido ao sistema. Em São Paulo, por exemplo, além de ser comum de se encontrar bicicletas de compartilhamento pela cidade, o governo já se preocupa em regular a sua utilização. O que contribui, em muito, para a segurança dos usuários e do tráfego em geral.

O que é Bikesharing?

O sistema de Bikesharing diz do sistema de compartilhamento de bicicletas. A propósito, no Brasil o sistema já é bastante utilizado nos grandes centros. Sua utilização se dá por meio de um aplicativo específico para cada tipo. Normalmente elas estão espalhadas em pontos estratégicos da cidade e podem ser liberadas por um sistema de reserva. De maneira geral, o próprio aplicativo já indica onde elas estão e as habilita para o uso conforme a necessidade do usuário.

Assim, o que era para ser uma brincadeira de criança está se transformando acabou se transformando em uma poderosa ferramenta de mobilidade. Embora seja uma invenção muito útil, há que se concordar que, certamente não se trata de um modelo definitivo. Afinal, por causa da exposição do usuário, torna-se também um transporte um tanto quanto inseguro, tornando o usuário exposto a assaltos, por exemplo. Além disso, sua utilização está condicionada a aspectos climáticos. Em dias chuvosos, por exemplo, a sua utilização acaba se tornando impossível.

Vantagens da Utilização do Sistema de Bikesharing

Embora manter uma bicicleta pessoal seja um passo importante na contribuição com o tráfego, compartilhar uma bike com outros usuários pode potencializar as vantagens. Para comprovar essa informação, elencamos a seguir os principais benefícios da utilização de bicicletas no trânsito, especialmente do sistema de Bikesharing.

O primeiro benefício está no quesito economia. Afinal, a utilização de bikesharing isenta o usuário do pagamento de IPVA, seguro, além de de não precisar de abastecimento e de manutenções caras. Em seguida, nota-se também que o hábito de pedalar faz bem ao condicionamento físico. Além de reduzir a gordura corporal, fortalece os membros inferiores. Para além disso, andar de bicicleta reduz o estresse e o risco de doenças como as cardiovasculares.

Entretanto, os ganhos vão além dos individuais. Pois, a utilização de bicicletas no trânsito traz impactos positivos para a coletividade. Entre eles está, por exemplo, a melhora no tráfego. Em tempos de excesso de veículos nas ruas, a utilização de qualquer meio alternativo é muito bem vista. Da mesma maneira, a utilização de Bikesharing impacta positivamente e diretamente na questão ambiental. Ao utilizarem o sistema como meio de transporte, os usuários diminuem a poluição sonora e a poluição do ar. Afinal, os carros são responsáveis por uma contribuição efetiva com o aquecimento global.

Desvantagens da Utilização do Sistema de Bikesharing

Apesar de apresentar muitas vantagens, alguns fatores a respeito da utilização do sistema de Bikeshiring podem ser também desvantajosos. Assim, para que seja considerado, efetivamente, o futuro do transporte, alguns desafios precisam ser transpostos

As principais desvantagens dizem respeito à dinâmica dos sistemas de compartilhamento em geral. Uma questão visível, por exemplo, é quanto a distribuição das bicicletas na cidade, que poderia ser melhorada em muito. Outra questão que ainda é um impasse para a aderência ao sistema é a falta de investimento em vias apropriadas para a circulação. Por fim, ao utilizar uma bicicleta como meio de transporte, o usuário sem coloca em exposição. Assim, acaba ficando muito mais vulnerável à questões como assaltos ou acidentes de trânsito.

Por fim, apesar de, por si só, não ser a idealização do futuro do transporte, o sistema de bikesharing contribui, em muito para as soluções que o caos, no trânsito e no paneta, precisa.

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

 

Gostou? Então compartilhe!

One Response