Principais erros das empresas na gestão de frotas

O gestor de frotas tem como função aumentar a produtividade, a eficiência e consequentemente os lucros da empresa. Na teoria é fácil, porém, é um trabalho árduo que exige muita atenção em todos os detalhes. Neste post, vamos mostrar os principais erros que ocorrem na gestão de frotas.

O conteúdo está bem bacana, confira!

Quais os principais erros na gestão de frotas?

É necessário salientar que corrigindo os erros, posteriormente os resultados serão mais satisfatórios e a empresa terá mais lucro.

Gastos com combustível

Como os caminhões deslocam por grandes trajetos, o consumo de combustível é bem alto. Definitivamente, ter um controle eficiente desses gastos é muito importante.

Alguns fatores contribuem para esses gastos e podemos citar:

  • Utilização inadequada das marchas dos caminhões: Os motoristas devem ter consciência sobre o uso correto das marchas, sendo assim o consumo de combustível será menor.
  • Pneus mal calibrados fazem com que o motor precise de mais força, gerando maior consumo de combustível.

Não conhecer a sua frota

Na gestão de frotas devem estar relacionados todos os caminhões da empresa, sendo assim é possível fazer um gerenciamento com qualidade, com comparações, buscando então dados para definição de qual veículo utilizar em cada ocasião.

Essa atitude além de evitar gastos desnecessários pode identificar falhas, essas que devem ser solucionadas o mais rápido possível, evitando assim custos mais elevados no futuro.

Não dar valor as manutenções

As manutenções de caminhões devem ser realizadas periodicamente e é dever do gestor de frotas garantir que sejam efetivas. Essa atitude minimiza os gastos e identifica quais os problemas de cada caminhão, sendo assim é possível tomar medidas preventivas.

Todo esse processo resulta em uma redução dos gastos e no aumento da segurança do motorista, do caminhão e da carga.

Não realizar o planejamento de rotas

Toda empresa necessita de um planejamento e na gestão de frotas não é diferente. É necessário fazer um planejamento de alta qualidade dos trajetos que os caminhões percorrem. Essa atitude resulta em uma grande redução de custos. Podemos citar:

  • Otimização do percurso para entregas: Esse planejamento permite mais eficiência para entrega dos produtos aos clientes.
  • Economia de combustível: Rotas definidas fazem com que os melhores trajetos sejam traçados, fato que reduz os gastos com combustível.
  • Melhora na satisfação dos clientes: Um planejamento, além de gerar resultados financeiros para a empresa, garante também a satisfação dos clientes, fator que é muito importante.

Ter uma equipe despreparada

É necessário que toda a equipe esteja preparada, cada um deve dominar bem as suas funções. As empresas devem oferecer treinamentos para que os mesmos se mantenham qualificados e motivados no trabalho.

Funcionários que recebem os devidos preparos têm um nível de produtividade bem maior, então consequentemente os resultados finais serão mais eficazes.

Não medir o desempenho das frotas

Existem indicadores de gestão de frota que ajudam as empresas a melhorarem seu desempenho. Afinal, eles permitem fazer uma análise clara dos resultados, ajudando então na tomada de decisões de forma mais eficiente.

Esse método é muito eficaz, pois, possibilita aos gestores uma visão ampla dos resultados, podendo ajudar na identificação de falhas e possíveis ajustes.

Mostramos aqui os principais erros que ocorrem na gestão de frotas, todavia, se você percebeu que está cometendo algum desses erros é hora de mudar. Aproveite e aprenda algumas dicas com este post: Gestão de Frotas: como fazer do jeito certo.

Que tal conhecer uma solução para a sua gestão de frotas? clique aqui.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert