Gerenciamento de motoristas: porque e como fazer

gerenciamento de motoristas

Na gestão de frotas, além do cuidado em gerir os veículos, entregas e atividades, o gestor também deve se preocupar com o gerenciamento de motoristas. Na verdade, esse é um dos maiores desafios, já que não se trata apenas de dados estáticos, mas de capital humano. Isso, naturalmente requer dedicação, cuidado e empatia.

Como peça essencial para o funcionamento dos processos na logística, os motoristas precisam ser cuidados, assessorados e treinados. Do contrário, se deixados ao seu próprio controle, a frota pode ter problemas com excesso de velocidade, ultrapassagens perigosas, atrasos nas operações e muitos outros. Sem um gerenciamento de motoristas eficiente, a empresa corre um sério risco de causar danos à sua própria imagem.

Porque Cuidar do Gerenciamento de Motoristas

Além das questões já citadas sofre a falta de gerenciamento, ainda há outros agravantes quando não um cuidado específico com a categoria. Um exemplo disso é o stress e a falta da produtividade causados por falta de reconhecimento ou motivação.

Considerando, então, os impactos diretamente causados na empresa em virtude de uma boa ou má gestão de motoristas, é importante cuidar para que esses impactos sejam positivos. Uma forma de fazê-lo é investindo na boa gestão de pessoas. No caso dos motoristas, isso pode incentivá-los a produzir mais, além de transformar o trânsito em um lugar mais seguro para todos.

Como Fazer o Gerenciamento de Motoristas

Um bom gerenciamento de motoristas é feito com bases em algumas importantes questões. Algumas delas dizem respeito ao controle do comportamento dos condutores. Por outro lado, outras delas estão mais relacionadas com o incentivo à produtividade. Ambos os impactos são importantes, pois ajudam a aumentar a segurança, diminuir os riscos, beneficiar as empresas e os próprios motoristas. Entre as principais ações de um bom gerenciamento de motoristas, algumas estão elencadas a seguir:

Treinamento

O treinamento é uma excelente ferramenta para a manutenção de uma boa conduta dos motoristas. Reciclagens, informações, palestras e alinhamentos contribuem para que os condutores trabalhem de forma responsável e produtiva. O conhecimento das leis de trânsito, de boas práticas ou mesmo de técnicas de direção defensiva traz impactos positivos para  gerenciamento de motoristas.

De maneira geral, os treinamentos podem abordar ocorrências recorrentes na empresa. A técnica em questão ajuda a diminuir riscos, aumentar a consciência dos condutores e potencializar ganhos.

Monitoramento

Assim como no desempenho dos veículos, a análise do desempenho do motorista requer armazenamento e análise de dados. Afinal, são essas coletas de dados que permitem que os gestores tenham informações sobre atividades diárias como abastecimento, rotas, paradas, velocidade e etc.

Para o processo do monitoramento dos motoristas por parte dos gestores, é importante a adoção de um bom software, que forneça informações confiáveis e precisas.

Um bom software é capaz de fornecer aos gestores informações em tempo real sobre o comportamento dos motoristas. Além disso, é importante que o software emita relatórios com os dados necessários para uma gestão eficiente. Um bom desempenho por parte do condutor tem potencial para reduzir custos com combustível, pneus e demais aspectos do veículo.

Incentivo e Conscientização

Uma das técnicas mais eficientes no estímulo à produtividade é a de incentivo e conscientização dos motoristas. Na prática, ela é traduzida na inserção de prêmios financeiros e promoção de conscientização dos condutores. Na verdade, a prática vai muito além da bonificação. Mas, compreende o mergulho do próprio motorista no conhecimento do impacto de suas ações. Isso faz com que a consciência tome as rédeas da direção, mostrando ao condutor que a maior vantagem da consciência é a preservação da vida e da segurança de todos.

Por fim, para melhorar o gerenciamento de motoristas, é preciso que os gestores estejam sempre atentos. A adoção de tecnologias, a implantação de sistemas de benefícios e manutenção de um diálogo de proximidade com os condutores pode fazer milagres. Por isso, é importante que os olhos dos gestores estejam sempre voltados para o processo como um todo. Assim, todos ganham com segurança, eficiência e produtividade.

Gostou? Então compartilhe!

One Response