Aprenda como calcular o giro do seu estoque

giro de estoque

Para garantir que a relação entre o investimento e o lucro seja uma relação satisfatória é preciso tomar alguns cuidados na gestão. O giro de estoque, por exemplo é uma ferramenta essencial no controle de compras e vendas de mercadorias. Se, ao contrário, o estoque não for controlado corretamente, a empresa certamente terá graves problemas operacionais e financeiros.

De modo leito, o giro de estoque pretende demonstrar quantas vezes um determinado produto foi vendido e substituído em um determinado espaço de tempo. Essa grandeza é mensurada a partir de uma fórmula de rotatividade cujo resultado indica quantos dias são necessários para se vender determinado produto.

Embora a periodicidade mais comum a ser adotada seja a anual, a gestão do inventário pode ser feita de maneira mais frequente. Isso pode ser analisado a depender da necessidade da empresa e do volume de bens que pode ser estocado. Quando se trata de produtos perecíveis, por exemplo, o período a ser adotado deve ser menor. Por ajudar na promoção do equilíbrio do ritmo de vendas, o giro de estoque é um dos principais métodos de avaliação de inventário.

Como Calcular o Giro de Estoque

Como primeiro passo para o controle eficaz de estoque, é necessário como funciona o modelo de cálculo. Conforme já dito no tópico anterior, o giro de estoque considera a rotatividade do estoque. Isso pode ser compreendido observando a relação entre a quantidade produtos vendida de um estoque e quantas vezes esse estoque foi reposto em um tempo determinado.

Para exemplificar essa percepção, pode-se pensar em uma fábrica de camisetas com estoque de 10.000 itens e venda estimada de 50.000 itens anual. Para se encontrar a quantidade de giros por ano, deve-se dividir o número de vendas pela capacidade do estoque, ou seja, 50.000/10.000 = 5 giros. O que significa dizer que o estoque deve ser renovado 5 vezes no ano para suprir a demanda de vendas.

Observando o cálculo descrito acima, depreende-se que a fórmula se faz a seguinte: Vendas/média de estoque = rotatividade. Isso significa dizer que os números de vendas e de média de estoque devem estar claros para o gestor. Caso a média de estoque não esteja clara inicialmente, uma fórmula também pode ser utilizada para encontrá-la: Estoque Incial + Estoque Final/ 2.

A partir disso, o gestor pode determinar, por exemplo, quantos dias são necessários para se esvaziar o estoque. Nesse caso, basta que se divida 365, que é o número de dias em um ano, pela taxa de rotatividade. O resultado é a quantidade de dias que uma empresa leva para percorrer todo o seu estoque.

Vantagens de Giro de Estoque Eficiente

Além de indicar o índice de eficiência do negócio, o cálculo do giro de estoque traz outros benefícios. O primeiro deles é a preservação do produto. Isso é mais claro quando se trata de produtos perecíveis. Por possuírem prazo de validade, o ideal é que a companhias evitem as obras nas prateleiras.

Ao ser alimentado e esvaziado de maneira rápida e eficiente, o estoque também promove economia. Isso porque, os custos de manutenção de galpões e espaços são altíssimos. O que significa dizer que, quanto maior o espaço utilizado, maiores os gastos. Além do espaço, a economia se estende aos gastos com seguros, roubos ou até manutenções dos espaços. Da mesma maneira, quando um estoque é líquido, os riscos de quebras ou perdas são menores, o que também produz economia.

Por fim, quando o estoque gira de forma eficiente, a confiança do negócio é aumentada. Afinal, o estoque é o principal ativo da maioria dos varejistas. Logo, se um inventário pode ser vendido rapidamente, torna-se seguro considerá-lo como garantia, por exemplo.

Entretanto, embora seja vantajoso manter alto o índice do giro, o gestor também deve estar atento a impactos contrários aos desejados. Quando o estoque se torna muito reduzido, pode haver falta de produtos e perda de ventas. Por isso, é importante a conscientização de que o giro de estoque eficiente não pretende um armazém vazio, mas uma substituição controlada e eficiente para a demanda apresentada.

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Gostou? Então compartilhe!

Comments are closed.