Logística pós pandemia, como será?

logística

É impossível negar as mudanças que essa pandemia histórica do Covid 19 está trazendo para o mundo inteiro. Assim como todas as demais áreas, certamente o sistema de logística também vai ter que abrir novos caminhos para a manutenção e desenvolvimento de suas funções. A propósito, já é possível notar mudanças como as relações de trabalho, mudanças na economia, diferenças nas demandas e muitas outras questões.

Como o restante da economia mundial, a logística caminha para novos hábitos e novas soluções para os problemas inéditos que surgem com a pandemia. Embora ainda seja um grande desafio que está sendo superado aos poucos, as projeções para o período pós pandemia já são estudadas. Mais do que isso, nesse momento todos já se veem obrigados a caminhar pelo futuro enquanto ele ainda é projetado.

Mas, o que se espera do mundo logístico pós pandemia? Entre as principais tendências, conforme o trabalho e desenvolvimento do setor, ao menos as seguintes questões são esperadas para os próximos tempos:

Economia Compartilhada

Se há uma noção econômica mostrada por esse período pandêmico, é a que diz sobre a ineficiência da produção centralizada. Conforme pudemos provar, depender de um produtor específico ou de um país específico para determinados suprimentos é uma frágil relação.

Seja em realidades locais ou globais, a tendência é que se compartilhe mais a oferta de serviços e de produtos ao consumidor. Isso vale para o compartilhamento de tecnologias, de técnicas de produção e armazenamento. Assim, a logística que tanto sofreu durante esses últimos meses pode respirar mais tranquilamente. Com a otimização de processos e cooperação será possível fazer mais com menos recursos, e garantir o abastecimento do país.

Integração Entre Empresas e Fornecedores

Quando uma determinada empresa está a par do que acontece no mundo dos fornecedores, os obstáculos são mais facilmente superados. Isso foi claramente demonstrado durante esta crise e é, portanto, uma tendência de comportamento para a logística pós pandêmica.

Ter em mãos o mapeamento de suas próprias carências e o conhecimento do potencial de seus fornecedores a logística pode trabalhar, mais uma vez, em sistema de cooperação. A partir então desse conhecimento pleno das demandas, estratégias podem ser tratadas de forma mais segura.

Crescimento do e-commerce

Nunca se falou tanto na relação de vendas através do e-commerce. Após tantos meses de distanciamento social, fazer as compras em casa, pela internet, se tornou uma solução mais do que momentânea. Desde pequenas necessidades até grandes demandas se tornaram solúveis virtualmente. E, daqui para adiante a tendência é que esse mercado cresça.

Para garantir que a relação seja devidamente completada entre fornecedores e consumidores, a logística precisa também estar pronta para essa nova versão. Assim, juntamente com o e-commerce, a logística também desponta como suporte de meio entre o início e o fim da cadeia de suprimentos.

Crescimento do Trabalho Remoto

Os efeitos da pandemia também chegaram até as relações de trabalho. Agora, parece até que toda a humanidade já estava condicionada a trabalhos remotos. O que aconteceu foi que as empresas descobriram que o esse tipo de prestação de serviço não só é possível, como também é bastante lucrativo. A partir disso é possível economizar recursos de logística de pessoal e até de utilização de locais específicos. Dessa forma dá para otimizar o tempo, economizar recursos e potencializar a produtividade.

Para a logística, essa mudança também traz novos caminhos. Usando os recursos disponíveis no processo gerencial é possível encurtar as distâncias, diminuir demandas desnecessárias e otimizar o processo da realização dos desejos dos consumidores.

Utilização de Maior Tecnologia

É verdade que o mundo já caminhava em passos largos pelos processos tecnológicos. Com em todas as demais áreas, a logística já vinha apresentando um crescimento sem precedentes. Mas, a pandemia veio tornar latente esse acompanhamento.

Mesmo com tanta disponibilidade tecnológica muitas empresas sofreram impactos maiores pelo fato da manutenção de processos manuais em suas gestões. Esse tipo de trabalho traz, além da insegurança na estabilidade das informações, transtornos na cadeia de suprimento.

Para os próximos tempos já está clara a necessidade plena da adoção de automação em todos os processos. A partir dessa automação questões como estoques e fluxos certamente serão melhores controlados pela logística. Isso é a tecnologia conferindo mais transparência e produtividade aos processos.

Sem dúvida, esses tempos de pandemia estão ditando os próximos passos em todos os âmbitos da vida. Durante o tempo e acontecimentos houve tempo necessário para observar, pensar e traçar novos caminhos. A crença na invencibilidade do homem acaba de ser superada. Dessa forma, a melhor maneira de enfrentar os próximos tempos e as próximas possíveis ocorrências é abrir o leque de ações. Ter em mente planos de enfrentamento e estratégias multifuncionais pode salvar os negócios dos próximos anos. E a logística, como uma das principais agentes da cadeia de suprimentos, não pode ficar para trás.

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Gostou? Então compartilhe!

One Response