Motor flex: tudo o que você precisa saber

veículos de transporte

Há muito tempo os preços de combustíveis oscilam muito no Brasil. Na verdade, esse assunto é bastante polêmico e encontra muita resistência entre os usuários de veículos automotores. Isso porque, apesar de o Brasil ser um grande produtor de petróleo, a carga de impostos a que o combustível está submetido faz o consumo sofrer grandes variações. Além disso, outros fatores contribuem para a alta do preço, o que faz com que os usuários encontrem meios alternativos de economia. Uma dessas respostas é o motor flex.

Entretanto, embora não se trate de uma tecnologia totalmente nova, ainda há muitas dúvidas em volta desse assunto. Muitas pessoas se preocupam sobre qual combustível usar por não saber exatamente como funciona o motor flex.

Se você quer saber mais sobre o assunto, continue com a gente!

O Que é o Motor Flex?

O motor flex foi introduzido no merco brasileiro em 2002. Sua chegada se deu através do Volkswagen Gol e, de lá para cá, está crescendo e conquistando muitos adeptos. Mas, como realmente funciona um motor flex? Qual a sua importância e benefícios de utilização?

Um motor flex é aquele capaz de funcionar à base de combustíveis diferentes. Com essa tecnologia, o usuário pode escolher o combustível que melhor lhe atenda naquele momento. Essa escolha pode ser feita com base no desempenho do veículo ou na economia de combustível. Cada um, a partir de sua própria análise, pode determinar aquilo que considere melhor.

Atualmente, 95% dos carros introduzidos no mercado possuem a tecnologia de motor flex. Com isso, os motoristas podem abastecer com álcool, gasolina ou com os dois em uma mistura.

Tipos de Combustível Para Motor Flex

Os combustíveis de utilização mais comum nos veículos brasileiros são a gasolina e o álcool. Mas, embora pareça uma decisão simples, ao se dirigir a um posto de combustíveis você encontra algumas variações mesmo dessas simples opções;

  • Gasolina – Se você dirige, certamente já teve que escolher o seu combustível na hora de abastecer. E. apesar de ser uma escolha comum, ela pode se apresentar com mais possibilidades. Cada uma delas oferece possibilidades e benefícios diferentes. Quando se trata da gasolina comum, por exemplo, a utilização por tempo estendido pode acumular resíduos e danificar o motor. Mas, você também pode optar pela aditivada que, embora seja um pouco mais cara, sua adição de detergentes mantém o sistema mais limpo. Por fim, a gasolina premium é indicada para motores mais potentes e carros diferenciados.
  • Álcool – Caso sua preferência de abastecimento seja pelo álcool, ele também apresenta variações. Nesse caso, você pode abastecer o seu veículo com etanol comum, que é obtido a partir da cana-de-açúcar e se mostra um biocombustível mais limpo. Mas, você também possui a opção de abastecer com etanol aditivado que, no seu processo de produção recebe elementos que lubrificam e preservam as funções do motor.

Mitos e Verdades Sobre o Motor Flex

Conforme já adiantamos para você, o motor flex é uma tecnologia não tão nova. Mesmo assim, algumas questões se criaram ao redor do assunto criando uma gama de mitos sobre o funcionamento da peça. Por essa razão, estamos prontos para derrubar os mitos e estabelecer as verdades.

Álcool e Gasolina Podem se Misturar no Motor Flex

VERDADE! Embora algumas pessoas acreditem no contrário, você pode, sim, misturar os combustíveis no motor flex. Inclusive, você pode fazê-lo sem se preocupar com a proporção entre as opções. Isso porque o próprio sistema de injeção eletrônica identifica os combustíveis e realiza as proporções.

O Primeiro Abastecimento Deve Ser Com Gasolina

MITO! O motor flex é desenvolvido para aceitar tanto álcool quanto gasolina. Assim, cai por terra essa teoria de que um carro 0 km deve ser abastecido primeiro com gasolina. Qualquer que seja o combustível, a sonda lambda é capaz de identificá-lo. Assim, o motor funciona com a mesma precisão.

Motor Flex Tem Performance Inferior

VERDADE! Embora o Motor Flex tenha muitas vantagens, quando comparados com motores com abastecimento por um só combustível, eles realmente perdem um pouco. Isso porque a compressão intermediária gera impactos no desempenho e no consumo.

Usar um Mesmo Combustível Vicia o Motor

MITO! O motor flex é desenvolvido especialmente para receber qualquer que seja o combustível. Assim, mesmo que você abasteça sempre com álcool, ou sempre gasolina, no momento em que decidir mudar a sua preferência, o motor estará pronto para receber o novo combustível. Afinal, sua sonda lambda é capaz de informar ao módulo de injeção qual seja o combustível utilizado no momento.

Com todas essas informações você pode fazer melhor suas escolhas. A partir do entendimento do funcionamento e da resolução de mitos sobre o assunto, certamente escolherá melhor daqui em diante. Para isso, você só precisa considerar as condições do seu próprio carro, assim como as ofertas do mercado de combustíveis.

Para saber mais sobre o assunto, entre em contato com a gente!

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Gostou? Então compartilhe!

Comments are closed.