O que é direção defensiva

direção defensiva

Não é segredo que o fator “falha humana” seja um dos principais responsáveis por acidentes de trânsito. Por isso, é de suma importância a absorção do conceito do que é direção defensiva. Mais do que isso, é essencial que a direção defensiva seja uma prática cotidiana na vida dos condutores.

Assim, a direção defensiva nada mais é do que a direção prudente e calculada. É o conjunto de ações a serem tomadas a fim de que a viagem se torne segura para o condutor e demais atores do tráfego. Na verdade, quem dirige defensivamente considera, além das próprias atitudes, a falta de habilidades e de conhecimentos do outro.

De imediato, a direção defensiva pode ser dividida em duas modalidades:

Direção Defensiva Preventiva

Na direção defensiva preventiva a ação do condutor é no sentido de antecipar os riscos. Ela é manifesta na atenção do motorista durante o trajeto. Começa com autoavaliação do condutor sobre suas próprias condições de condução e se estende para a avaliação do trajeto a ser cumprido. Com o conhecimento dessas condições, toma decisões e conduz o veículo de acordo com as limitações ou possibilidades apresentadas.

Direção Defensiva Corretiva

Já na direção defensiva corretiva, a ação exigida do condutor é na intenção de corrigir uma situação que já esteja em curso. É o caso, por exemplo, de um desvio rápido para o acostamento na iminência de uma colisão traseira por motivos que não poderiam ter sido previstos.

Embora os dois tipos sejam considerados importantes, o bom senso diz que é mais eficaz agir preventivamente, evitando que riscos sejam corridos.

Dicas para a Direção Defensiva

Para fazer valer a prática da direção defensiva e alcançar resultados significativas, elencamos algumas atitudes que podem até evitar acidentes.

Manutenção Preventiva do Veículo

Considerando que os veículos são formados de peças que se desgastam com o uso, a manutenção preventiva é uma poderosa arma da direção defensiva. Afinal, é uma das principais atitudes a serem tomadas capaz de antecipar ações e diminuir os riscos.

Isso inclui revisão periódica e análise de itens como painel do carro, calibragem de pneus, nível de óleo, nível de água, funcionamento de faróis e lanternas, dentre outros.

Postura Correta do Condutor Durante o Trajeto

Embora não pareça tão significante, a postura do condutor durante o trajeto também é um fator influenciador da condução defensiva. Pois, a boa postura é capaz de potencializar ações rápidas em um momento de necessidade.

O ideal é que o motorista mantenha o corpo encostado no assento de forma que alcance o nível mais próximo de um ângulo de 90º. Além disso, durante a condução, o motorista deve manter os braços ligeiramente dobrados. Enquanto isso, o encosto de cabeça do motorista deve ser mantido na altura de seus olhos.

Conhecimento e Respeito às Regras do Trânsito

O conhecimento e respeito às regras do trânsito também se faz um fator importante na direção consciente. Por isso, é importante a dedicação em conhecer as leis e se atualizar das novidades a respeito. Além de conhecer, é importante que as atitudes previstas nas normas sejam incorporadas no dia a dia do condutor.

Atitudes como conhecer o limite de velocidade, as indicações exatas das placas disponíveis nas vias, as preferências do trânsito e tudo o mais são passos importantes. Entretanto, respeitar esses limites, obedecer as indicações e dar as preferências são aplicações práticas que podem poupar vidas no tráfego.

No fim de tudo, o que mais importa é atitude do motorista em adotar posturas que reflitam uma direção consciente. Mais do que um conjunto de regras, a eficiência da direção defensiva está na consciência do impacto que cada atitude gera. Logo, atitudes pensadas e responsáveis promovem um tráfego seguro para todos.

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

 

Gostou? Então compartilhe!

2 Responses