4 dicas para implementar uma boa gestão de frotas

implementar gestão de frotas

O conjunto de práticas administrativas formadas por ações que pretendem atingir metas determinadas, é chamada de gestão. Essas práticas podem se aplicar a áreas específicas e diferentes. Assim, no mundo logístico, a prática também é crucial. Por essa razão, implementar gestão de frotas é um caminho seguro para a obtenção de bons resultados.

Para que você compreenda bem a importância e a maneira certa de fazer a implantação da gestão da sua frota, reunimos aqui as principais dicas sobre o assunto.

Como implantar Gestão de Frotas

A fim de fazer uma implantação eficiente, há algumas dicas que podem facilitar o processo. Assim, você realiza de maneira segura questões como análise de informações internas e externas, escolha ideal de insumos e veículos, controle da frota, capacitação da equipe e monitoramento eficiente dos resultados.

Conheça, então, as melhores dicas para implantar Gestão de Frotas na sua vivência logística.

Conheça a sua frota

O primeiro passo para implantar gestão de frotas de maneira eficiente é conhecendo bem os componentes dela. Isso significa que você deve listar informações importantes sobre cada item da frota a fim de controlá-los melhor.

Primeiramente você deve saber quantos e quais são os itens que compõem a sua frota. Além disso, você também precisa saber em que situação cada um deles se encontra. Nessa fase, saber a quilometragem percorrida por cada um deles também interessa. A partir dessas informações, é possível prever questões como manutenções e substituições, a fim de que se utilize o máximo potencial de cada um.

Com o conhecimento sobre a frota, você também conseguirá prever gastos mensais com insumos, manutenção e serviços. E, então, ao conhecer a realidade da estrutura da frota com que se lida dá a chance de mensurar gastos e, assim, planejar o futuro da frota.

implantar gestão de frotas

Foto: Reprodução/Istoédinheiro

Crie metas

Com o levantamento em mãos de tudo o que se pode saber sobre a frota, esse é o momento de criar metas para a gestão. Isso compreende mensurar os resultados que se pretende alcançar ao implementar gestão de frotas.

Entre os objetivos da implantação dessa fase do processo estão o estabelecimento do nível de serviço que se pretende oferecer, das diretrizes a serem seguidas por colaboradores e fornecedores, do formato do atendimento ideal ao cliente e da padronização de serviços e produtos oferecidos.

É possível que essa seja a fase mais importante da implementação da gestão de frotas. Afinal, a estruturação de políticas internas e externas criam um suporte seguro para os resultados. Além, de ser o mais importante, essa também e a fase mais complexa. Pois, delimitar questões como essa requer atenção e responsabilidade.

Trace estratégias claras e escolha as ferramentas

Após a criação de metas, é preciso que se estabeleça o meio de alcance, assim como as ferramentas necessárias para isso. Assim é que nascem as estratégias de trabalho que fazem com que seja eficiente a fase de implementar gestão de frotas.

Entre as principais estratégias dessa implementação de sucesso estão, por exemplo: o planejamento de rotas otimizadas, a roteirização eficiente de rotinas da frota, o monitoramento dos motoristas, das cargas e dos veículos e a previsão dos riscos.

Entretanto, além da definição das estratégias, também se fazem necessárias as apresentações das ferramentas ideais. Aqui, trata-se do estabelecimento do meio que se utilizará para a execução das estratégias.

A partir da observação da evolução atual, é clara a percepção de que, tudo caminha para, e através, da tecnologia. Assim, utilizar as ferramentas tecnológicas em favor da gestão, é um excelente investimento em ferramentas. Assim, para a maioria das estratégias há soluções como a utilização de softwares especialmente preparados.

Além disso, investir no treinamento de equipe também é uma boa ferramenta. Afinal, o desempenho de qualquer tarefa depende do quanto o seu operador está envolvido e consciente do processo. Então, faz parte do rol de ferramentas o investimento na preparação da equipe.

implementar gestão de frotas

Foto: Reprodução/Ticket Log

Monitore os resultados

Na hora de implementar gestão de frotas, se preocupar com o monitoramento dos resultados é um passo crucial. Essa é a última etapa da implementação, mas, que não pode ser ignorada sob nenhuma hipótese.

Através do monitoramento, é possível que se descubra o que é que funciona e o que não está cumprindo o seu papel no processo. Essa é a chance de fazer adaptações, tomar novas decisões e melhorar processos.

Para essa fase, também há uma gama de tecnologias disponíveis. São ferramentas ágeis que tornam o processo mais natural, fácil e seguro.

Assim, é importante a compreensão de que, cada etapa requer a prática do monitoramento. E, é assim que se garante de que os processos estejam cumprindo os papéis para os quais foram designados.

Leia também: Agregar caminhão: Vantagens e desvantagens

Descubra também tudo o que você precisa saber sobre telemetria no site da Econômica!

Gostou? Então compartilhe!

One Response