Dimensionamento de frotas: Como saber se sua frota precisa de mais veículos

dimensionamento de frotas

dimensionamento de frotas

Se você trabalha com alguma área logística, certamente está sempre procurando por novas formas de aumentar a produtividade. Isso inclui escolher corretamente os veículos que realizarão determinadas operações, além de mensurar questões como quilometragem e recursos necessários para cada tarefa. De maneira rasa, é isso o que representa o dimensionamento de frotas. Trata-se do conhecimento sobre os veículos, do levantamento de demandas e do planejamento da melhor forma de cumprir cada obrigação.

Então, para descobrir se a sua frota está em um bom padrão ou se precisa adquirir mais veículos para atender as demandas, basta continuar com a gente até o fim deste post!

O que é o dimensionamento de frotas?

Primeiramente, você precisa entender o que é o dimensionamento de frotas. Na verdade, trata-se de um conceito bastante simples, embora muito importante. Esse é o processo que envolve todo o planejamento do transporte durante um tempo específico. Ao fim de tudo, você terá a resposta sobre a eficiência da sua frota e sobre as possibilidades de melhoria.

Isso significa que todo o processo logístico que envolve transportes deve ser minimamente planejado e calculado. Desde a quantidade de veículos necessária para realizar as entregas até a melhor forma de fazer isso, tudo deve ser fruto de análise. Assim, o gestor deverá calcular questões como capacidade de peso, definição do melhor percurso, condições da estrada e tudo mais a respeito. Dessa forma se otimiza os ganhos e se diminui os custos.

Ao final de tudo, dimensionar é contabilizar demandas e possibilidades. Tudo isso a fim de atender da maneira devida às demandas, além de aproveitar melhor as oportunidades de decisões. Quem sabe, a partir do dimensionamento de frotas você não descubra que pode, e deve, adquirir mais veículos?

dimensionamento de frotas

Reprodução – TruckPad

Como fazer o dimensionamento

O dimensionamento de frotas compreende uma série de tarefas a serem desenvolvidas a fim de otimizar os resultados. Entre as muitas tarefas, muitas compreendem a fase do planejamento, que pode estruturar todo o resto da atividade.

O primeiro passo é identificar a capacidade total de carga que cada veículo da frota é capaz de transportar. Assim é possível mensurar qual é a capacidade total da frota, bem como a que quantidade de demandas ela pode atender. Além disso, é preciso conhecer as especificações técnicas de cada modelo da frota, com a mesma finalidade.

Depois do conhecimento reunido, você será capaz de definir o quanto pode fazer no quesito produção mensal. Ou seja, você saberá exatamente quantas viagens poderá atender como um todo e qual a parcela de possibilidade de produção de cada veículo.

Além disso, o dimensionamento de frotas precisa fazer o estudo de rotas a partir de dados importantes como: distâncias a serem percorridas, tipos de veículos, condições das estradas, previsão do clima, tempo de viagem e afins.

Por fim, essa é a fase onde também é necessário controlar todas as variáveis do percurso. Entre elas estão o tempo de carga e descarga, paradas, descanso e refeições dos motoristas.

Dessa forma, é preciso entender que cada detalhe auxilia na definição dos resultados. Ao final, o processo é mensurar as demandas e dividi-las entre as possibilidades disponíveis. Ou seja, trata-se de contabilizar quanto cada item da frota pode contribuir para o resultado final.

dimensionamento de frotas

Reprodução – Rana

Benefícios de dimensionar a frota

As tarefas compreendidas no dimensionamento de frotas pretendem trazer uma série de benefícios para a organização. Esse alinhamento de tarefas aumenta significativamente a produção da logística. E, isso pode ser visto a partir de diversos benefícios.

O primeiro deles é o fato de que, o dimensionamento da frota ajuda a reduzir os riscos de acidentes. Isso mesmo, a partir de planejamento simples como a catalogação dos veículos da frota, você evita acidentes causados por excessos de cargas, por exemplo.

Além disso, o dimensionamento faz com que o tempo seja otimizado a partir da análise de rotas. Com isso, as operações ganham maior agilidade e, consequentemente, mais ganhos. Ao entender previamente como é a rota, que tipos de estradas e estruturas vão ser enfrentadas, você pode escolher melhor os veículos e aproveitar melhor suas capacidades.

Você também pode aumentar a produtividade da sua frota, dimensionando a quantidade de viagens que ela é capaz de realizar em determinado tempo. Assim, a empresa acessa outra grande vantagem, que é o acesso a informações que possibilitam decisões seguras. Entre essas decisões estão questões como aumento de frotas, desfazimento de alguns veículos ou a renovação deles.

Por fim, através do dimensionamento correto, você consegue reduzir os custos de sua frota. Pois, a partir do conhecimento dos veículos é possível planejar melhor eventos como manutenções, o que evita incidentes financeiros e gastos desnecessários.

Leia também: Operação triangular: Saiba tudo sobre

Descubra também tudo o que você precisa saber sobre telemetria no site da Econômica!

Gostou? Então compartilhe!

One Response