Gasolina, quais as vantagens e desvantagens para outros combustíveis?

gasolina

O cenário atual é de busca por fontes renováveis que substituam os hábitos considerados perigosos para o ambiente. Apesar da evolução do combustível e do aumento de possibilidade dos últimos anos, a gasolina ainda é o mais utilizado pelos veículos. De maneira geral, os combustíveis de utilização mais comuns são os mais tradicionais; a gasolina, o álcool e o diesel.

Durante esse processo de evolução há ainda vários impedimentos para a utilização de combustíveis totalmente sustentáveis. Enquanto isso, vale a ideia de analisar as condições mais favoráveis e, a partir disso, definir qual é a melhor opção para o abastecimento.

Obtida por meio do craqueamento e refinamento do petróleo. De maneira básica, a formação da gasolina se faz a partir de uma mistura de hidrocarbonetos. A depender do momento, do veículo e do preço do combustível quando da sua utilização, o uso de gasolina pode ser vantajoso ou não.

Para facilitar o processo de escolha e torná-lo mais seguro, abaixo estão algumas informações importantes. Trata-se das vantagens e desvantagens do uso de gasolina. A partir da análise de fatores positivos e negativos é possível identificar qual é a situação ideal para a utilização da gasolina no veículo.

Vantagens da Utilização da Gasolina

Embora seja um pouco mais cara que combustíveis concorrentes como o etanol, por exemplo, a utilização da gasolina compensa em rendimento. Além disso, por ser extraída basicamente do petróleo, esse tipo de combustível é encontrado na maior parte do mundo. O desempenho do arranque dos carros abastecidos com gasolina costumam ser muito melhores. Isso é provado a partir do motor de arranque, por exemplo, que aquece o motor de maneira muito rápida que os demais.

Outra importante vantagem do uso de gasolina é a sua existência na versão aditivada. Apesar de estar certo que esse tipo de combustível tem teor mais poluente que os demais, a versão aditivada aparece para diminuir esse impacto no ambiente. Quando utilizada na versão aditivada, a gasolina consegue limpar o sistema de combustível e dos bicos injetores. Isso acontece porque os acréscimos de aditivos são detergentes e dispersantes.

Quando se trata da preservação do motor, a gasolina também exerce um papel melhor. Pelo fato de ser mais densa, a gasolina contribui mais com a lubrificação do tanque, o que não acontece com combustíveis mais finos, como o etanol. Por possuir um tempo de combustão prolongado, a gasolina ajuda a consumir menos combustível, e é por essa razão que rende mais.

Quando se trata de comparação com outros combustíveis como o Diesel, por exemplo, a gasolina ainda apresenta mais algumas vantagens. Em relação ao diesel, a gasolina encontra mais mão de obra mais abundante e, por isso, mais barata também. Além disso, quem usa gasolina não tem que ouvir o mesmo barulho que sujeitam os condutores de veículos a Diesel. Ao contrário, os motores movidos a gasolina vibram menos e, consequentemente, fazem menos barulho.

Por fim, os veículos movidos a gasolina costumam ter motores mais baratos. Isso acontece por se tratar de uma tecnologia já adotada e desenvolvida há muitos anos.

Desvantagens da Utilização da Gasolina

Apesar da quantidade de vantagens encontradas na utilização desse tipo de combustível, é possível encontrar também algumas desvantagens. A primeira delas é quanto a sua fonte. Ao contrário de combustíveis cada vez mais sustentáveis que vêm surgindo, a gasolina não encontra origem em uma matéria renovável. Assim, fica clara a noção de que, embora pareça estar distante, em algum momento não haverá mais fonte para a sua extração.

Também como forma de preocupação com o meio ambiente, é importante observar que, ela emite gases que prejudicam o efeito estufa, acelerando o aquecimento global. Além disso, a combustão desse combustível em sua versão comum, principalmente, gera uma acumulação de resíduos nas válvulas do motor. Embora não seja perceptível a curto prazo, pode trazer prejuízos a longo prazo. Um desses, por exemplo, é o aumento do consumo causado por esse acúmulo.

Quando se trata de poluição, a gasolina ainda apresenta um agravante. Além da poluição comum produzida pela sua combustão, o processo de produção do combustível não é um exemplo de sustentabilidade. Diferente da produção do álcool, por exemplo, a gasolina emite uma quantidade considerável de gases durante o seu refinamento. Nos casos de ocorrências de erros, então, ao menor sinal de acidente os prejuízos são inestimáveis para a natureza.

Embora a média de desempenho seja maior, a gasolina costuma custar mais que os demais combustíveis, em suma. Com as constantes altas sofridas no país, os cálculos de custo x benefício devem ser feitos a cada alteração. Esse é um hábito comum dos brasileiros que possuem carro flex; antes de encher o tanque o condutor faz as contas de proporção entre o preço e o rendimento dos principais combustíveis. Esse é um hábito que deve cultiva e estimulado para garantir o aproveitamento do recurso.

[]
1 Step 1
Assine nossa newsletter e aprenda a tornar sua frota mais eficiente, sustentável e automatizada!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

 

Gostou? Então compartilhe!

Comments are closed.